Arquivo de março, 2006

Lembranças vivas

Posted in Uncategorized on março 30, 2006 by Unsere Welten
Um dia comum, algumas lembranças surgiram, passearam na minha memória, lembranças boas, provocaram um sorriso, uma saudade intensa e não dolorosa. Foi bom, tudo valeu a pena, saudade diferente, saudade com sorriso, seria bom te encontrar novamente assim como é bom estar aqui, comigo, finalmente com vocês, como nunca estive antes.
Vida nova, os mesmos amigos são novos amigos, amigos queridos, você me deu um presente.
A você digo que te amo não como sempre te amei, e a vocês digo que finalmente aprendi a lhes amar como sempre deveria ter amado.

O canto estressante

Posted in Uncategorized on março 27, 2006 by Unsere Welten
Quase deu certo, terminamos, na correria, já estavamos atrasados, nao concluimos o trabalho como estava originalmente no projeto, fiquei uma pilha, um stress só, e quem estava perto aguentou, alguns levaram, to dando choque! Galera foi mal.
Enfim deu tudo "certo", eu só quero ir pro meu canto agora, mas ele tá cheio de alfinetes, vou conversar com meu namorado Bob, e dar uns murros também porque ele não reclama mesmo.
 
 
 
 

Só meu Bob

Posted in Uncategorized on março 27, 2006 by Unsere Welten
Só meu Bob me entende, só ele, só ele sabe das coisas, só ele. Por isso que a partir de hoje declaro-o meu namorado. Feio, me ouve sem reclamar e é só meu.
 

Trabalho trabalhoso

Posted in Uncategorized on março 26, 2006 by Unsere Welten
E pra quem achou fácil espetar 2 mil alfinetes, quase caiu pra tras quando percebeu que eram 15 mil! Mas que trabalhinho hein! Se não fosse a bondade de minha chefe me liberar mais cedo do trabalho, acho que estariamos todos lascados! Não sei onde eu e Marina estavamos com a cabeça ao calcular apenas 2 mil alfinetes! viiiixe, depois dessa até bebi cerveja, para a surpresa de todos, né Lu? Hein Psycho? ahahahaha Quaaaase q a gente se lasca, mas foi divertido, amanha tem a segunda rodada (de alfinetes) e vamos rezar pra dar certo 😛 só q dessa vez, sem cerveja, sem pizza, sem coca, e sem cachorrinha psicopata! fala sério, essa cadela devia se chamar Lúcifer! Mais psicopata que ela, só o Psycho, Psychopath!
 

vAmOOos r e l a x a r

Posted in Uncategorized on março 25, 2006 by Unsere Welten

Tá tudO muiiiiiito bem tá tudo mmmmuito b o O o O M BOM! Vaaaamos VAMOS! entrrraaaRRR no ri ri riti ti mo da AUUUUUAUUULAAAAaaaaaa vamos tooooOOOOOdos dos dos pegar os peixinhos! o diiaAAA foi foi foi bbbbbom, P R O D U T I V O, re rende e e e e u ! ai…NASCEU! nasceu uma c r i a n ç a… né Lu?

Isso aaaai ai!

Vai pra p…

Posted in Uncategorized on março 23, 2006 by Unsere Welten
Enterrei alguem vivo, e se remexe aqui dentro de vez enquando, não posso desenterrar porque enterrado é que vai morrer, vai definhar, vai se acabar. Que se dane, eu falei que não ia me perturbar, nem sei porque escrevo nessa joça, auto afirmação talvez, mas que raiva! E ainda perco meu material, é porque tenho dinheiro pra jogar pela janela mesmo! E que raiva, porque essas coisas tem que acontecer? Se estou bem estou bem, e o motivo que me faz estar bem as vezes me irrita! De novo, eu falei que não ia me perturbar, e as vezes é inevitável, é irritante! Me dá um saco de pancadas!!
Não ligue, todo mundo tem seus altos e baixos, esse é mais um dos meus baixos, só preciso dar umas porradas, uns berros. Não há motivos, mas… sim existem motivos! Motivos à parte, motivos sem nexos, motivos insano! E ainda por cima tem alguem vivo enterrado aqui, que lástima! Porque não descansa em paz? E você, caralho! porque não percebe nada? Ah! Vai pro inferno!!

Dejavu

Posted in Uncategorized on março 20, 2006 by Unsere Welten
Mais um dia se passa, sinto uma leve agonia, uma instigante felicidade, uma estranha sensação me contagia, estou tendo um "dejavu", eu conheço essa história, eu sinto como antes, mas vejo diferente, sindo-me criança novamente e uma imensa euforia de um sentimento adolescente. O que é ou o que foi ninguem sabe, ou simplesmente não sabia. E alguém desconfia, alguem descobriu, como eu mesma não sabia, se sabia não queria acreditar! Mas que loucura é tudo isso! Vou sorrir e não irei me perturbar.
%d blogueiros gostam disto: