Reunião interna

A Cabeça, o Corpo e o Coração estavam em completo desacordo. A Cabeça estava decidida, o Coração não sabia o que sentia e o Corpo não ouvia o Coração, tampouco a Cabeça. A Cabeça então falou:

– Bom, precisamos colocar ordem aqui e acho que eu sou a mais apta a tomar decisões.

O Coração logo reagiu:

– Mas tomo mundo sabe que sempre devemos seguir o Coração e…

-É, um coração tranquilo e sereno pode até ser, mas você está confuso e nem sabe o que sente! – Respondeu a Cabeça.

– Eu sei o que eu sinto! – exclamou o Corpo – Posso muito bem decidir por nós.

– Você não sabe o que sente – interveio o Coração – Está só seguindo seus impulsos, e a Cabeça diz que você não pensa. Vocês dois estão me deixando confuso…

– Coração, o Corpo não pensa e só age por instinto, e você está realmente confuso! Então só resta mesmo eu decidir o que é melhor para nós três.

– Devagar com o andor! – disse o Corpo – O que é que você está pensando? Eu não posso negar meus desejos.

– Ora, Corpo! O Coração está confuso e o desejo é seu único argumento. Eu, por outro lado, tenho vários.

– Enumere-os – retrucou.

– No primeiro instante nem eu, nem você e nem o Coração dispostos a ceder. Em um segundo momento, os corpos passaram a se entender e agir perfeita sintonia, mas os corações nem sequer chegaram a conversar, e as cabeças… ora, eu nunca me entendi com aquela! Não compartilhamos os mesmos valores, não dividimos os mesmos ideais e tampouco acreditamos nas mesmas coisas.

– As diferenças se completam – respondeu o Corpo.

– Isso quando não são completamente antagônicas, é preciso o mínimo de sintonia.

– Nisso eu me entendo com ele!

– Grande… e a Cabeça, onde fica?

– Sei lá! Eu quero é seguir meus impulsos.

– Eu não sei o que houve, não era para ser assim – interveio o coração – não me entrego tão facilmente! Não é bonito, não é rico, não temos sintonia… mas por algum motivo me faz acelerar.

– Pois é, o Corpo não pensa e está sem argumentos, pra variar. Você, Coração, só está confuso porque se envolveu devido ao tempo decorrido. Reitero que sou eu é quem devo decidir o que é melhor para nós. Não basta apenas os corpos se entenderem, pois sem sintonia entre cabeças e corações, não há futuro. Mais tarde, sem idéias para compartilhar, o Corpo já cansado não mais sentirá desejo e o Coração já totalmente envolvido se quebrará em pedaços.

– Bom, eu acho que a Cabeça é quem está com a razão, como não sei exatamente o que quero, não posso pedir para que me sigam. O que a cabeça decidir eu acato, apesar de doer. – disse o Coração.

– Está decidido então, a partir de hoje os Corpos não se encontram mais, os Corações que nunca conversaram nem chegarão a fazê-lo e as Cabeças poderão se afastar e pensar como querem, uma vez que nunca se entenderam mesmo.

O Corpo era minoria, seus desejos foram abafados. O Coração confuso sofria calado e a Cabeça satisfeita dizia: “A decisão já foi tomada, em breve nós três estaremos em pleno acordo.” Mas quando ele aparecia, o corpo todo estremecia, o coração acelerava e sofria. A Cabeça sabia que algum dia estariam todos em perfeita sintonia e, com severidade, reagia: “Fiquem quietos vocês dois!”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: