Ela não sabia sorrir

Andava retraída, fechada, o chão tomava conta da maior parte do seu campo de visão. Perdia os olhares à sua volta, esquecia do mundo, mergulhava em uma imensidão introspectiva ignorando o que a rodeava.

Era um mundo pequeno, cheio de certezas e convicções abrigadas por um castelo de areia recoberto por uma fina camada de cimento. A camada foi desgastando com o tempo, pouco a pouco aquelas certezas começavam deslizar com o castelo que começava a ruir.

O vento levava tudo aquilo que havia demorado alguns anos para construir e se proteger. Convicções se conflitavam, as certezas já não eram tão certas e tudo que lhe era claro de repente lhe parecia confuso. Olhava a sua volta e não percebia o quanto afastava os que lhe queriam bem e todos aqueles que algo de bom poderiam lhe trazer.

Foi quando se deparou com um sorriso, era um lindo sorriso. Pensou naquele sorriso dia e noite e quando tornou a encontrar seu dono, o sorriso não estava mais lá. Dia após dia ela comparecia para ver o sorriso, mas nada de ele brilhar. Ela se perguntava o que poderia ter acontecido. Afinal, porque alguém iria esconder um sorriso tão bonito? Foi então que tudo se esclareceu.

De sua boca um sorriso se esboçou e como que num passe de mágica, outros sorrisos começaram a brotar ao seu redor. Aquele lindo sorriso que estava apagado voltou a brilhar diante de seus olhos. Quando aprendeu a sorrir, a vida passou a fazer sentido.

 

Uma resposta to “Ela não sabia sorrir”

  1. marinices Says:

    seu sorriso é lindoooooooo =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: