Nostalgia pouca é bobagem!

Existem aqueles amigos que nunca esquecemos. Passam-se anos, perdemos o contato, e então bate aquela saudade, momento nostalgia, vontade de rever todo mundo. É tanta correria em nossas vidas que as vezes nos esquecemos do essencial: as pessoas que realmente importam. Amigos que estiveram presentes nos momentos mais difíceis e também nos mais divertidos. Pessoas com quem compartilhei anos dentro de uma sala de aula, rindo, trabalhando, estudando… aprendendo a beber!

Quando eu estava cansada, exausta, desejando que tudo aquilo chegasse ao fim, me disseram: “Você vai sentir saudades de tudo isso”. Não dei bola, mas passados três anos de minha graduação, percebi o quanto isso era verdade. Tenho saudades da correria, de estar sempre em companhia de pessoas maravilhosas, de não ver a hora de arrumar um tempinho pra escapar e matar uma aula pra encher a cara de cerveja e filosofar no bar. Conversar sobre a teoria da conspiração, a plutocracia nas artes e concluir que tudo não passa de uma questão da justificativa de gastos.

Estou nostálgica hoje e percebi o quanto algumas pessoas me fazem falta. Aos meus amigos que se identificarem quando lerem isso aqui, aquele abraço! Beijo e me liga. Vejo vocês em breve!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: