Introdução

Você mudaria seu passado se tivesse a chance? De fato, a ideia de poder mudar certas coisas que nos arrependemos é uma solução muito atraente. Mas será mesmo que mudar o passado não afetaria o presente forma tal que na verdade o melhor seria deixar tudo como tinha que ser? Assunto muito bem abordado no filme Efeito Borboleta, é algo que atormentou e continua atormentando geração após geração.

Um momento perdido está realmente perdido porque ele não volta. Ainda que uma situação semelhante ocorra, será sempre um novo momento, afinal, que passou é história e a expressão “recuperar o tempo perdido” não passa de um mito ou uma ilusão. Aprender com os erros do passado de forma a aproveitar melhor o tempo presente e planejar o futuro não é recuperar o tempo perdido, é simplesmente viver o curso natural da vida. Mesmo porque, o presente tornar-se-á passado antes mesmo que possamos refletir sobre ele e, conforme o passar do tempo, amadurecemos em relação a determinado assunto.

Ao olhar para trás podemos perceber como faríamos tudo diferente, mas ao invés de lamentar a impossibilidade da alteração do passado, é mais útil usar a experiência como base para experiências presentes e futuras. Como talvez futuramente eu pense que eu teria escrito esse texto de outra forma e como certamente vou alterar o primeiro parágrafo dele assim que eu terminar o último. E suma, é bem provável que amanhã queiramos fazer diferente tudo que estamos fazendo hoje.

Em certo ponto é bom não ter a autonomia de mudar o passado, pois muitas vezes é fácil perceber que aquilo que parecia tão terrível foi na verdade a melhor coisa que nos poderia ter acontecido ou simplesmente aconteceu para que novos caminhos surgissem à nossa frente e, após o período de turbulência, na calmaria, percebermos que se mudássemos uma vírgula sequer do que já aconteceu poderíamos matar ou alterar drasticamente o brilhante momento que vivemos agora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: