Em uma escada da FFLCH

Foi em uma daquelas noites quentes de final de ano que, sentada em uma escada do prédio da História e Geografia na FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas), na USP, em uma agradável conversa – à parte de uma fracassada festa – com duas amigas, Ariana e Milla, eu decidi mudar os rumos da minha vida: Eu vou estudar Letras aqui na FFLCH. Não era uma promessa para o ano novo, era uma decisão para a vida.

Aquela noite do final de 2010 definiu 2011 como o ano que pode ser chamado de um dos melhores anos – para não dizer o melhor ano – da minha existência. Era mais que um cursinho pré-vestibular; decidir retornar ao Objetivo, dez anos após ter fracassado na segunda tentativa de entrar na ECA (Escola de Comunicação e Artes), foi como despertar de um profundo sono entorpecido. Mudar a desgastante rotina, retomar parte da adolescência, conhecer pessoas maravilhosas, encontrar novos professores e rever aqueles que estiveram presentes nas minhas primeiras tensões pré vestibular, muito me ajudou a amadurecer durante esse breve ano de 2011.

Agora estou matriculada na USP no curso pelo qual batalhei. Talvez por não ser de tão difícil ingresso, talvez por minha extrema dedicação, talvez pela ajuda e suporte que tive dos meus professores, amigos e família, ou, talvez ainda, por um misto disso tudo. O fato é que aquela decisão que tomei na escada da FFLCH, há mais de um ano, hoje está concretizada. De todas as noites mal dormidas, fins de semana sacrificados e shows não fotografados, posso dizer que tudo, absolutamente tudo, valeu a pena.

Aos que também tiveram a felicidade de ver o nome na lista dos aprovados, parabéns! Agora é que a luta começa. Aos que não conquistaram seu objetivo imediato de ingressar na tão sonhada universidade, digo-lhes com experiência de vida: não é o fim do mundo. Não entrei na USP em 2001, não entrei em 2002, abandonei a ideia das artes plásticas e retomei-a dois anos mais tarde na Belas Artes. Lá deixei meu salário lá durante 4 anos e descobri, ao me formar, que aquele curso o qual tanto sonhei, não era o que eu buscava. Se me arrependo? Não, existem coisas que você descobre somente com a vivência. Além do mais, durante esse percurso, apaixonei-me pela fotografia, fiz cursos, viajei, fotografei shows de rock, tive experiências incríveis e inesquecíveis até, enfim, encontrar o caminho das letras.

Aos meus amigos e à minha família, obrigada pela força, por compreender os meus sumiços e a ausência quase constante. Aos meus professores, novos e antigos, agradeço a força, a companhia, as aulas, os momentos de desabafo e as risadas; alguns de vocês talvez eu nunca mais veja, outros, ainda trombaremos por aí, mas saibam que todos estarão sempre aqui – piegas – no meu coração! A vocês, um grande abraço; e, para quem ainda está na luta, força sempre. 2012 começa agora!

6 Respostas to “Em uma escada da FFLCH”

  1. Irenita Forster Says:

    Filha, me orgulho muito de você. Todo o seu esforço valeu, realmente, a pena. Minha menina cresceu, não de tamanho mas no amadurecimento das idéias. Te amo muiiiiiito!🙂

    Beijo
    Mamãe

  2. Parabéns Robs… é isso aí, agora é só o começo de um novo caminho, no qual vc venceu as adversidades, colocou toda sua fé, é isso é fé, sua dedicação e as coisas que deixou de fazer…
    trilhe esse caminho da mesma forma que fez pra conseguir chegar nele, não desista dos seus sonhos e lute pelo que acredita, pois é isso que faz vc ser realmente quem vc é, não aquela menina acomodada de 2010, mas a mulher que vence seus medos e conquista seu espaço e independencia desse ano e do que passou!

    Muito me orgulho da sua vitória, e de ter ido estudar com vc alguma vez, de ter recebido incentivos e de ter te incentivado!

    Beijo
    (sim eu sou piegas…rs)

  3. Rô!! Parabéns, você merece! Estou muito fliz por você, que venham novas experiências, novos amigos, novos trabalhos, novos rumos e conquistas!
    O mérito é todo seu! Beijão e saudades!!
    Andresa

  4. roberto fonseca Says:

    Olá Roberta, desde que li os textos que você mandava, havia uma convicção de um talento para as letras, sempre acreditei que você conseguiria, não falava muito para não fazer muita pressão,ainda mais, sabendo da sua pequena simpatia pelas exatas, não é?
    Muitas felicidades e seja muito feliz. A gente se encontra lá na USP.

    Fonseca

  5. Sabrina Lima Says:

    roberval!
    vc eh meu orgulho e minha futura roomate e futura guia nos estudos literarios….
    ahahha tera uma missao civilizadora comigo!!🙂

    quero ser cult igual voce!

  6. Parabénsssssssss !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: