E ela era tão bonita…

Ao ligar a TV, via-se o apresentador exacerbar indignado:

“O Brasil está em choque com o crime! Ela, que era tão jovem, tão bonita, foi brutalmente assassinada pelo namorado! O namorado! Agora me diga, telespectador, isso é amor? Que amor é esse que mata? Que falta de Deus no coração! Aqui, mais um close na foto da menina, apenas 17 anos, tão bonita! Tão jovem! Morreu nas mãos de um marginal que se dizia apaixonado, apaixonado! Congela a imagem, congela! Aí está o meliante, mal encarado! Um traficante, merece apodrecer na cadeia! Você que está ligando a TV agora, esta moça, esta linda moça, foi brutalmente assassinada com 27 facadas pelo namorado por ciúmes! Falta Deus no coração das pessoas. E a polícia diz o quê? Onde está o criminoso? Ele tem que pagar pelo que fez, vamos entrevistar os vizinhos que testemunharam o crime. Fique ligado, voltaremos logo em seguida!”

– Nossa, que horror isso, né, menina?

– E ela era tão bonita, tão jovem, tinha uma vida inteira pela frente!

– Moça de bem, de família, não merecia isso.

– Se fosse feia seria diferente.

– Gente feia pode morrer, não choca.

– Na periferia isso acontece todos os dias. Gente feia morre o tempo todo, só não aparece na TV. é normal.

– É triste, né. Mas, também, esse povo pede, periferia só tem trombadinha.

– Mas poxa, tão bonita, tão loira, tão branca, olhos tão azuis, de família, moça de bem.

– É, ela não merecia, mas pediu. Tinha que se envolver com esse povinho da favela?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: