Escarafunchando

Escarafunchando, lendo e encontrando passado próximo e distante do próximo, em meio a dores que se misturam com as minhas e sorrisos que se encontram nos meus. Alimentam meus medos, meus anseios e receios que florescem em meio à admiração de ser e não saber. É poesia que desvela a alma ou revela a dor fingida da dor deveras sentida. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: