Ser Professor é ter amor, é ser ator

Há um tipo de profissional sem o qual não seria possível o aparecimento dos demais. Essa figura, essencial para a sociedade, é conhecida pelo nome de Professor. Sem Professor não haveria médicos, físicos ou matemáticos, não existiriam biólogos ou veterinários, sem Professor não existiriam sequer professores; nesse ponto chegamos a um paradoxo sobre o qual não pretendo iniciar uma discussão.

Mas não é fundamental a presença de um professor para aprender a ser malandro, conhecer a Lei de Gérson em todas as suas variações, bem como saber quando e como aplicá-la com maestria; para a arte de ser malandro o que não falta é mão de obra autodidata. Deve ser por isso que a beleza da profissão exercida pelos professores não é reconhecida em terras tupiniquins. Definitivamente, ser Professor é, acima de tudo, ter muito amor.

Ser Professor, o melhor professor, é, em sua máxima excelência, ser um artista, afinal, ensinar é uma arte, a arte de ser ator. É ser capaz de fazer o impossível para trazer ao plano físico as almas de uma turma de alunos matutinos que ainda encontram-se perdidas no reino de Morpheus e impedir que o pó de Sandman atinja os olhos daqueles alunos que batalharam o dia inteiro e sobreviveram para as aulas noturnas, quando a voz do professor parece um som distante vindo de algum plano etéreo. É iniciar uma batalha épica contra Chronos para fazer o conteúdo de uma vida caber em apenas cinquenta minutos.

Ser Professor é incorporar um personagem a cada dia, a cada aula. É passar pela porta da sala e deixar do lado de fora aquela briga com a mãe, com o pai, com a namorada, com o marido, com a filha, com o cachorro… é, por um período que reside entre o bater de um sinal e o soar de outro, esquecer que todos os problemas existem e conseguir sorrir para os alunos, conquistá-los a cada minuto e neles despertar a admiração pela figura que se articula em frente ao quadro negro.

A ausência do Professor, muito mais do que impedir a existência de outras belas profissões, impede a propagação de valores humanos. Sem Professor, não há educação, não há esperança, não há a possibilidade de qualquer mudança. A você, professor ou futuro professor, parabéns pela escolha, pela luta de cada dia, parabéns por não desistir, parabéns por todo esse amor.

Essa é uma singela homenagem aos meus professores do cursinho, ex professores da faculdade, amigos professores e futuros professores. A vocês, desejo um merecido Feliz dia dos Professores.

Uma resposta to “Ser Professor é ter amor, é ser ator”

  1. Linda mensagem Roberta!!! Muito Obrigado. Beijos. Tony.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: